Prazer, Brillat-Savarin

Boa tarde!

Este ano resolvi escrever aqui um pouco sobre personalidades da culinária. Nas próximas semanas, além de receitas tentarei falar um pouquinho de gente ou personagens que têm a ver com a cozinha.Resultado de imagem para brillat savarin jean anthelme

Hoje venho apresentar a quem talvez ainda não tenha ouvido falar de Jean-Anthelme Brillat-Savarin.

Brillat-Savarin é um dos maiores influenciadores de autores culinários, embora não fosse chef de cozinha e provavelmente nunca tenha colocado a mão na massa. A sua obra mais conhecida é “Physiologie du Goût” (Fisiologia do Gosto; livremente traduzido), que é uma tentativa dele de criar uma “regra” do que é bom, ruim, chique e cafona no mundo das comidinhas (isso no começo do século XIX).

Essa era uma época em que “gosto” não era coisa que cada um tinha. Existia o bom ou o mau gosto, e se fosse não soubesse a diferença provavelmente o seu cairia no segundo grupo, seu cafona. Então ele pretendia mostrar o que seria bom e mau gosto no que tocava a comida. Assim, uma pessoa que tivesse uma boa educação saberia o que é uma comida boa ou ruim quando se deparasse com ela.

Após terminarmos essa temporada, pretendo colocar aqui um resumo de cada capítulo deste livro, para aqueles que não tem tempo, paciência, ou acesso ao livro mesmo.

O interessante é que no livro, ele não coloca completamente a opinião dele sobre o assunto ou usa a culinária francesa como o exemplo único a ser seguido, mas apresentava tendências que viriam de outras partes do mundo e ajudavam a enriquecer a sua cozinha nacional. Ele também teta mostrar os efeitos da comida em nosso organismo, incluindo até um capítulo sobre obesidade, algo bem moderno pra época.

Brillat-Savarin tinha interesse em um monte de coisas, tipo arqueologia, química, culinária (claro) e astronomia. Falava 5 idiomas e ainda tocava violino. Ele trabalhou no livro que estamos falando por anos e levava notas com ele até quando ia trabalhar (ele era advogado). Existe um queijo que tem seu nome, além de formas de acompanhamentos, uma delas sendo o uso das pontinhas dos aspargos pra servir com ovos cozidos bem molinhos… acho que prefiro o queijo…Resultado de imagem para brillat savarin cheese

Então, vejo vocês daqui a umas semanas com mais informações sobre a Fisiologia do Gosto e seu autor!

Deixo aqui uma citação dele:

“Convidar pessoas para jantar em nossa casa é nos tornar responsáveis por seu bem-estar durante todo o tempo em que estiverem debaixo de nosso teto”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s