Anos 1960, Séc XVIII - XIX

Speculoos (biscoito de especiarias)

DSC00373

Hoje é dia de São Nicolau!

Na Bélgica existe o costume de comemorar a data com a chegada do Papai Noel – conhecido lá por Sinterklaas, uma figura de São Nicolau vestido de vermelho e com a longa barba branca. Já nos Países Baixos, além de suas antigas colônias, a chegada é na véspera do dia de São Nicolau.

É o Sinterklaas que distribui os speculoos, biscoitos crocantes de especiarias (cravo, canela, gengibre, entre outras), com a ajuda de seu ajudante, o Zwarte Piet, um menino mouro. Tradicionalmente eles vêm no formato do Sinterklaas, mas também podem vir de todas as formas imagináveis. Quanto ao nome, o provável é que venha da forma de denominar os bispos em latim: speculator; já que o próprio Nicolau foi um bispo na Turquia. Além de popular nos países de língua holandesa o Speculoos também é bastante conhecido e apreciado nos países vizinhos. Principalmente na época do Natal.

Mas vamos falar sobre a receita que é o que importa. Uma das histórias que li, e que é a minha favorita, conta que a receita se originou quando mercadores traziam para os Países Baixos – que englobavam tanto Holanda quanto o que hoje é Flandres, a parte da Bélgica que fala holandês – especiarias diretamente das índias orientais.

Um desses mercadores enfrentou um mar muito agitado na viagem, e acabou com o carregamento de especiarias todo misturado. Como não sabia o que fazer (pois com certeza não conseguiria vender nada) deixou a carga toa dentro de um galpão. Um belo dia, um padeiro se interessou pelo aroma que de lá saía e perguntou do que se tratava. O mercador contou toda a história e ofereceu a mistura ao padeiro, para que ele a usasse da forma que quisesse.

Ele então mudou um pouco as proporções e inventou um novo biscoito, levou ao bispo para que ele distribuísse para os pobres no dia de São Nicolau. Foi evidentemente um sucesso e a tradição se perpetua até hoje.


Quem me deu essa receita foi meu namorado, que é belga, e que por sua vez recebeu de sua mãe. É uma receita simples e tradicional:

INGREDIENTES:

Mix de speculoos:
1 1/2 canela
1/4 noz moscada
1 cravo
1/2 gengibre
1/2 cardamomo
250gr – farinha c fermento ou mais fininha
150gr – manteiga
140gr – açúcar mascavo
1 ovo
1 1/2 colher de chá de mix de speculoos
4 col. (sopa) leite
MÉTODO:
1. Misturar tudo e amassar bem.
2. Deixar descansar por uma noite na geladeira.
3. Abrir a massa com ajuda de farinha
4. Fazer a forma do biscoito. De preferencia, deixe ele beeeeem fininho. Assim vai ficar bem crocante. Minha sogra tem o costume de simplesmente espalhar a massa na assadeira, de forma que fica uma placa bem fina. Quando pronto e frio, ela dá uns socos e a massa sai toda. Nem precisa untar, ela nao cola.
5. Assar por 15 minutos (não mais do que isso) em forno preaquecido a 175°c
Deixar esfriar antes de comer. Não adianta querer comer ainda morno, porque não é a mesma coisa.




Espero que gostem e feliz dia de São Nicolau!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s